Saúde

12/01/2022 11:14

NOVA ONDA VG considera "assustador" aumento de casos de Covid-19

Fonte:FolhaMax

Secretário municipal de Saúde de Várzea Grande, Gonçalo Barros afirma que o aumento no número de atendimentos a pacientes com sintomas de covid-19 e influenza em todas as unidades do município é assustador e, caso continue no ritmo que vem desde 20 de dezembro, até o próximo dia 20 de janeiro o total deve ultrapassar 60 mil pessoas atendidas. Isso representa 20% da nossa população, claro que sabemos que muita gente também vem de outros municípios, mas esse número é real e seria pior se não houvesse vacina.

 

Devido à situação, Várzea Grande deve retomar, até sexta-feira, o atendimento exclusivo aos casos na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Ipase que segue com superlotação. Há pouco mais de um mês, o local que funcionou por quase dois anos como referência apenas para atendimento de covid retomou os atendimentos a outras patologias. Por causa da alta demanda, tendas voltaram a ser instaladas, essa semana, na parte de fora da unidade para evitar aglomeração.

 

Atualmente, pacientes com sintomas das duas doenças estão dividindo o mesmo espaço com aqueles que apresentam outros sintomas. Na última segunda-feira (10), a unidade registrou mais de 100 casos confirmados de covid.

No local quase todos os que esperavam por atendimento ontem (11) apresentavam sintomas gripais como dores no corpo, garganta, febre e tosse. Janio Leite, 62, que mora no bairro Carrapicho, chegou cedo para realizar o teste da covid. Vacinado com as duas doses contra a doença, e apesar de já ter tido covid no ano passado, ele conta que há 4 dias vem se sentindo mal. São parecidos (sintomas) com os que tive no ano passado, mas desta vez bem mais leves. Acredito que seja pela vacina ou é gripe.

Francisco José, 37, também procurou a unida de com suspeita de covid. Ele conta que tomou a segunda dose da vacina no dia 6, quando já estava ruim e, desde então, os sintomas intensificaram. Febre, dor no corpo, cabeça doendo.

Eles realizaram o exame RT-PCR. Em poucos minutos receberam o resultado negativo para covid.

Já Zenita Lorenzete, 54, também imunizada com as duas doses da vacina, testou positivo para o coronavírus pela segunda vez. Os sintomas estão bem mais leves. No ano passado, quando tive, passei muito mal.

Após receber o resultado, seguiu para atendimento com um médico. Agora é me cuidar, seguir o isolamento e torcer para acabar logo.


Copyright  - Batatinha News  - Todos os direitos reservados


Plantão

Fone (65)99971-1708